Devo fazer Engenharia Ambiental ou Biologia?

engenheiro ambiental trabalhando

O início de uma carreira de sucesso começa com a escolha certa da graduação. Por esse motivo, uma das maiores preocupações dos vestibulandos é definir qual será o curso superior que promoverá satisfação pessoal, além de retorno financeiro.

Nesse contexto, escolher uma profissão que combine com os seus ideais, objetivos de vida, interesses e habilidades é muito importante. Para os alunos que adoram os animais e a natureza, é interessante optar por um curso que aborde um desses campos de atuação na vida profissional.

No entanto, é bastante comum ficar indeciso entre duas profissões: engenheiro ambiental e biólogo. Para acertar na escolha, é imprescindível informar-se sobre como é o curso e em que o profissional poderá atuar quando formado, além de outros tópicos importantes.

Este artigo é para você, aluno que está em dúvida entre Engenharia Ambiental e Biologia. Conversaremos sobre essas duas graduações, como é trabalhar com o meio ambiente, quais as possíveis áreas de atuação e como escolher a melhor faculdade para realizar o curso por meio dos seguintes tópicos:

Entenda mais sobre o curso de Biologia

O curso de Biologia aqui da Uniderp, também chamado de Ciências Biológicas, tem como foco principal o estudo dos seres vivos, o seu papel na natureza e a interação que estabelecem com outras formas de vida e com o meio ambiente.

Sobre os seres vivos, aprende-se sobre sua origem, evolução, funcionamento, estrutura e demais características. Nesse caso, o estudo compreende desde as células e micro-organismos a grandes ecossistemas, compostos pela interação entre os vegetais, os animais e o ambiente. A botânica, ou seja, o estudo das plantas, também é abordado na graduação.

No entanto, engana-se quem pensa que o curso apresenta somente disciplinas da área biológica. O aluno terá contato com matérias de Exatas, como estatística, física e matemática. Porém, elas estão interligadas a tópicos como ecologia, botânica e genética, o que deixa o seu estudo mais prazeroso.

A graduação em nível superior tem duração média de 4 anos. Aqui na Uniderp, a modalidade oferecida é a de Bacharelado. O interessante é que o mercado de trabalho para o biólogo está em constante expansão e oferece aos profissionais vagas bastante diversas. A média salarial desse profissional no país é de R$ 3.438,51.

Devido à atual preocupação com o meio ambiente, pode-se trabalhar com:

  • agronomia ou zoologia;
  • em pesquisas científicas sobre seres vivos;
  • em zoológicos;
  • com consultoria ambiental e perícia;
  • biotecnologia;
  • preservação de espécies em extinção;
  • preservação de biodiversidade marinha, entre várias outras.

Como existem diversas possibilidades de atuação, após a formatura, é natural que o biólogo se especialize em uma área de seu interesse. Para tanto, pode-se realizar pós-graduação e outros tipos de cursos.

Conheça o curso de Engenharia Ambiental

O Engenheiro Ambiental é o profissional que atua desenvolvendo projetos para minimizar os danos no meio ambiente, assim como para aumentar o lucro e a produtividade das atividades humanas nesse cenário. Todas essas ações são feitas de forma sustentável.

A graduação em Engenharia Ambiental aqui da Uniderp tem duração de 5 anos e é do tipo Bacharelado. A formação é multidisciplinar, mesclando matérias de engenharia, economia, administração, biologia e ecologia. Além dos cursos presenciais, atualmente existe a opção EAD (ensino a distância) para os profissionais que desejam se formar na área.

Ao final da graduação, o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Mato Grosso do Sul (CREA-MS) é responsável pelo controle dos profissionais da área aqui no estado.

No presente e também no futuro da Terra, é possível notar o impacto ambiental e da sustentabilidade e as suas relações com a qualidade de vida da população. Dessa forma, esse profissional cria e propõe soluções que preservam a fauna e a flora, as águas, o ar, a cultura e as populações locais.

Por esse motivo, a área ambiental apresenta uma perspectiva positiva em relação à empregabilidade. A média salarial desse profissional é de R$ 6.416,68.

É possível trabalhar em áreas diversas como:

  • avaliação e gestão ambiental;
  • drenagem;
  • abastecimento e manejo de águas;
  • estação de tratamento de esgotos;
  • planejamento energético;
  • monitoramento de alterações globais;
  • indústrias;
  • perícia de obras públicas e privadas;
  • controle da qualidade do ar;
  • gestão de resíduos;
  • saneamento ambiental;
  • controle de qualidade;
  • acústica e seus impactos, entre outros.

No Mato Grosso do Sul, há várias vagas relacionadas ao meio ambiente, inclusive para estágio no Ministério Público, como houve ano passado. Por esse motivo, pode ser uma ótima ideia fazer faculdade de engenharia ambiental em Campo Grande. Além disso, também é possível cursar a graduação para se formar em uma das profissões mais bem pagas no país.

Conheça suas semelhanças e diferenças

A Engenharia Ambiental, assim como os outros tipos de Engenharia, tem em seu currículo uma grade focada na área de Exatas, ou seja, matemática, física e química. Já o curso de Ciências Biológicas tem um foco maior em matérias da área biológica, como ecologia, biologia, botânica e outras.

A semelhança, sem dúvidas, é o cotidiano ligado ao meio ambiente, a fauna e a flora. Ambos lutam pela preservação e minimização dos impactos nessa área.

Saiba como escolher a faculdade ideal

Após a escolha do curso, é preciso pesquisar onde estudar. Primeiramente, é fundamental verificar se as faculdades da lista de opções são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). Afinal, só instituições reconhecidas podem entregar diplomas válidos a seus alunos, o que é imprescindível para entrar no mercado de trabalho.

Outro quesito importante é avaliar as instalações da faculdade, como os laboratórios e a biblioteca. Cursos como Ciências Biológicas têm grande parte prática no currículo, o que demanda maior tecnologia por parte da instituição. A qualificação dos professores também é algo importante na escolha do local de estudo, visto que esses são os profissionais que garantirão uma formação completa e eficiente.

Para os alunos que contam com um orçamento apertado, deve-se verificar quais são as faculdades que oferecem condições especiais, como o parcelamento estudantil privado, bolsas de estudo e outros tipos de desconto.

Em Campo Grande, local em que o mercado de trabalho oferece ótimas oportunidades para quem deseja trabalhar com meio ambiente, está localizada a Uniderp. Como você viu, a instituição oferece o curso de Ciências Biológicas e também o curso de Engenharia Ambiental, com ótima infraestrutura, profissionais respeitados e condições para que qualquer aluno consiga concluir a graduação, independentemente da área.

E então, com o nosso artigo foi possível decidir entre Engenharia Ambiental e Biologia? Entre em contato conosco e saiba mais sobre como são as duas graduações na Uniderp!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

bolsas enem
cursos uniderp

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content