5 opções de faculdade para quem quer trabalhar com o meio ambiente

trabalhar com o meio ambiente

O cuidado com os impactos ambientais não é mais um assunto apenas a ser pensado, mas sim transformado em ação. Dessa forma, se você quer trabalhar com meio ambiente, precisa conhecer as principais profissões que atuam na área.

O 50º Fórum Econômico Mundial trouxe debates sobre as mudanças climáticas, que entraram nas pautas urgentes de governos, acadêmicos, pesquisadores, pensadores, empresários e celebridades. Os cinco principais riscos apresentados no relatório são relativos ao meio ambiente, principalmente aos eventos climáticos extremos, que podem resultar em crises hídricas e em instabilidade social.

Nesse contexto, é fundamental ter profissionais que atuem diretamente na preservação ambiental, seja em órgãos públicos, seja em empresas privadas, fiscalizando e criando projetos para a recuperação do que já foi devastado. Continue a leitura e conheça as melhores faculdades para quem gosta do meio ambiente!

1. Ciências Biológicas

Quem conclui o curso de Ciências Biológicas pode atuar na área da consultoria ambiental, como profissional autônomo, prestando serviços para diferentes empresas. O consultor atua nos setores que envolvem agressões à fauna, especialmente realizadas por atividades industriais.

As principais funções desse profissional são avaliar se as atividades da empresa se adéquam às legislações ambientais vigentes e prever quais serão os impactos dessas ações no meio ambiente, definindo medidas para evitá-los.

Existem ainda outras possibilidades de atuação do biólogo que deseja trabalhar com meio ambiente, como vigilância sanitária. Nesse setor, o profissional pode realizar perícias e fornecer licenciamentos a órgãos públicos, monitorar unidades de conservação e restaurar áreas de proteção e reservas legais.

O biólogo que atua com meio ambiente deve ser curioso, organizado e responsável. Mesmo que trabalhe por conta própria, é importante saber se comunicar para passar as informações de forma clara.

2. Gestão Ambiental

O curso de Gestão Ambiental é uma opção clara para quem quer trabalhar com meio ambiente. Com essa graduação, os alunos promovem a conservação da biodiversidade, a preservação da natureza e a sustentabilidade nos processos de produção e de comércio.

O gestor ambiental pode trabalhar em:

  • programas de reciclagem de materiais;
  • recuperação de áreas degradadas, como mananciais, florestas e reservas;
  • estudos sobre impactos ambientais;
  • métodos e estratégias para reciclagem do lixo e uso racional da água;
  • área de educação ambiental;
  • entre outros.

Seja no campo, seja na cidade, o mercado de trabalho para esse profissional oferece oportunidades em indústrias, em órgãos governamentais, em fazendas e em ONGs cujo objetivo é preservação do meio ambiente.

Para se destacar no setor, é importante ter habilidades para gestão em diferentes níveis, pois isso possibilita a atuação no planejamento e na implementação de atividades voltadas à prevenção. O gestor ambiental também deve saber atuar junto a outros profissionais e comunicar-se com clareza.

3. Engenharia Ambiental

Engenharia Ambiental é uma excelente faculdade para quem gosta do meio ambiente. A área se dedica ao estudo do desenvolvimento econômico sustentável, de acordo com os limites de exploração dos recursos naturais. Por isso, essa engenheira é uma boa profissão de meio ambiente.

O engenheiro ambiental atua na recuperação e no controle de ambientes urbanos e rurais, na preservação do solo e da qualidade do ar, na conservação e no uso racional da água. Por ter uma formação multidisciplinar, é possível desenvolver projetos e soluções para problemas complexos, como implantação de projetos de saneamento, construção de barragens e desenvolvimento de estratégias para encaminhamento de resíduos.

O profissional pode atuar em diferentes cargos e funções, como:

  • controle e fiscalização de emissão de poluentes;
  • saneamento básico;
  • gestão de recursos hídricos;
  • gestão de resíduos;
  • biotecnologia;
  • levantamento e análise de dados para mapeamento de áreas geográficas;
  • estudo e desenvolvimento de sistemas de geração de energia limpa;
  • entre outros.

O engenheiro ambiental deve ser um profissional multidisciplinar, organizado e comprometido, com espírito de liderança e facilidade de trabalhar em equipe. Além disso, é importante desenvolver o pensamento lógico e a criatividade.

4. Medicina Veterinária

O curso de Medicina Veterinária forma profissionais responsáveis pelo cuidado e pelo auxílio clínico e cirúrgico de animais de todos os portes, inclusive dos silvestres. É função do médico veterinário cuidar da alimentação, da saúde, da reprodução e da preservação dos animais.

Por isso, o profissional formado nessa área pode atuar em inspeções animais, no controle de zoonoses e de doenças, no desenvolvimento de medicamentos e de produtos veterinários, na preservação de animais silvestres em cativeiro e na fiscalização de comércios que vendem produtos de origem animal.

Aqui na Uniderp, o curso tem currículo acadêmico amplo e compreende matérias básicas e específicas das áreas de Ciências Humanas, Biológicas e da Saúde, que envolvem conhecimentos humanísticos, técnicos, ecológicos e comportamentais.

Por lidar diretamente com os animais, o profissional da área deve ter controle emocional, ser comprometido com as suas responsabilidades, ser proativo e ter responsabilidade social, ética e iniciativa.

5. Agronomia

Trabalhar no preparo e no cultivo do solo, em contato com a natureza, no controle de pragas e na criação de rebanhos são algumas opções para quem cursa faculdade de Agronomia. Dessa forma, é importante apreciar o trabalho no campo e ter afinidade com animais.

Por isso, algumas pessoas ficam na dúvida entre Agronomia ou Medicina Veterinária, embora sejam cursos muito distintos. O mercado de trabalho oferece diversas oportunidades para o agrônomo, em setores como defesa sanitária, zootecnia, engenharia rural e produção de biocombustíveis.

O profissional ainda pode criar técnicas para aumentar a produtividade em lavouras e controlar a produção agropecuária, desde a criação e plantio até a comercialização. Assim, é importante saber se adaptar a situações e resolver problemas.

Para isso, o agrônomo deve ter visão interdisciplinar, sistêmica e ética dos processos produtivos e gerenciais. Características como boa comunicação, proatividade, foco em resultados, resiliência e facilidade de trabalhar em equipe também são importantes.

Quem quer trabalhar com meio ambiente encontra uma área com enormes desafios e responsabilidade social. Assim, é fundamental que os profissionais estejam dispostos a lutar pela preservação do planeta, o que significa enfrentar políticas públicas e buscar a conscientização de empresas e de pessoas.

Além disso, estudar em regiões com bastante natureza é um diferencial para aplicar melhor aquilo que se aprende e ter mais chances de conseguir uma vaga na área. Nesse sentido, aqui na Uniderp, você conta com o Canal Conecta. Trata-se de uma plataforma que liga as melhores vagas aos nossos alunos, de acordo com seu perfil e suas preferências. É aumentar as chances de conseguir a vaga dos sonhos para trabalhar com o meio ambiente!

Gostou de saber mais sobre como trabalhar com a natureza? Então, complemente a leitura e entenda como conseguir uma bolsa de estudo em Campo Grande!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

cursos uniderp

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.