Medicina Veterinária no MS: o que saber antes do vestibular?

medicinaveterinarianomsoquesaberantesdovestibular

A Medicina Veterinária é a ciência que estuda animais domésticos e silvestres, de modo a prevenir e tratar doenças, oferecendo a eles uma vida com mais bem-estar. O campo de atuação é vasto e permite ao formado atuar tanto diretamente quanto indiretamente com os bichos.

O curso de Medicina Veterinária em Campo Grande (MS) é um dos mais importantes do país, visto que existe um mercado de trabalho promissor na região. Contudo, para se dar bem, é essencial que o aluno procure por uma faculdade reconhecida, credenciada ao MEC e que conte com bom hospital veterinário.

No texto, daremos mais detalhes sobre a formação e comentaremos sobre o mercado de trabalho de Veterinária em Campo Grande. Acompanhe!

Como é o curso de Medicina Veterinária?

Sentir amor por animais é uma das razões pelas quais muitos dos estudantes optam pelo curso. Mas saiba que o papel de um veterinário exige muito mais que isso. É fundamental ter também muita responsabilidade, pois você trabalhará com vidas. 

A graduação envolve todo o cuidado com a saúde de animais, sejam eles de estimação ou não. Assim como na medicina humana, é necessário profundo conhecimento sobre o funcionamento de seus organismos.

Em muitos momentos, durante a profissão, será preciso ter sangue-frio. Você se deparará com os seres vivos em várias condições, inclusive os acidentados ou com doenças incuráveis.

Conseguir tomar a melhor decisão para evitar o sofrimento deles, por mais difícil que seja, será primordial. E isso tudo, claro, sempre seguindo as orientações do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), de modo a manter a ética em qualquer tipo de escolha.

No curso, as principais matérias vistas são:

  • Anatomia;
  • Morfofisiologia dos animais;
  • Bioquímica e biofísica;
  • Histologia;
  • Parasitologia;
  • Patologia animal;
  • Farmacologia e toxicologia;
  • Clínica médica e terapêutica animal;
  • Economia, administração rural e empreendedorismo;
  • Bioética;
  • Alimentação e nutrição animal;
  • Animais domésticos e silvestres etc.

A faculdade de Medicina Veterinária em Campo Grande (MS), tem duração de 5 anos. Para obter o diploma, o aluno precisa, além de cumprir a grade curricular, fazer estágio ou residência e o trabalho final de conclusão (TCC).

Como está o mercado de trabalho de Veterinária em MS?

O Brasil é um dos países com mais atuação no mercado animal. Além de dispor de muitas clínicas para pets, tem bastante participação na criação de gados. O estado do Mato Grosso do Sul tem grande parcela de responsabilidade nesse fato.

Isso porque a região tem um dos maiores rebanhos bovinos do país, segundo o IBGE. Além do mais, grande parte de sua economia é baseada na produção e criação de gados. Assim, ser veterinário em MS é bastante promissor, principalmente se a área escolhida for a de agronegócio.

Nessa atuação, o profissional busca parcerias com zootecnistas e agrônomos, com o intuito de promover mais saúde aos rebanhos. Promover soluções para reprodução animal é outra especialidade favorável.

Segundo a Catho, a média salarial é de R$2.500. Mas, é claro, isso varia conforme o tipo de atividades desempenhadas e conforme o nível de especialização do profissional.

Como garantir diferenciação no mercado?

A carreira em Medicina Veterinária apresenta várias possibilidades, como:

  • indústria de medicamentos e produtos para animais, atuando no desenvolvimento de vacinas, remédios, rações, coleiras, por exemplo;
  • inspeção de produtos de origem animal, trabalhando em locais como frigoríficos, para garantir qualidade ao consumidor;
  • produção e sanidade animal, atuando em fazendas e ajudando a prevenir e tratar doenças;
  • consultoria em reprodução animal, ajudando criadores a conceber animais mais saudáveis, por exemplo;
  • clínica para animais domésticos, como cachorros e gatos;
  • clínica para animais silvestres, como coelhos e macacos;
  • cirurgia para animais de pequeno, médio ou grande porte;
  • laboratório de diagnósticos etc.

Entretanto, para conseguir diferenciação, é importante dedicação desde o início do curso. Uma dica é realizar o máximo possível de estágios ou residências, pois isso fará com que você tenha conhecimento da prática e já resolva, durante a faculdade, qual caminho seguirá.

Conheça tanto os pequenos animais como os de rebanho. Tenha noções de clínica, cirurgia e laboratório de diagnósticos. Isso porque, muitas vezes, o que vemos na teoria e imaginamos na atividade, a prática nos mostra outra realidade.

Mais uma dica é não se contentar apenas com a graduação. Ao escolher uma área do seu agrado, parta para especializações, mestrado e doutorado. Entenda que a concorrência é grande, mas vence quem se mostrar mais apto ao mercado. Ter conhecimentos de outras línguas, como inglês e espanhol, também ajudará você a trilhar esse caminho com mais facilidade.

A atualização na área, da mesma forma, conta, visto que novas doenças ou formas de tratamento podem ser descobertas. Não deixe de participar de congressos, palestras e simpósios. Você atuará na área da saúde, isso faz com que sua responsabilidade seja grande.

Por fim, ter criatividade será útil em muitos momentos. O comportamento animal, algumas vezes, é imprevisível, mas seu trabalho terá de ser feito. Conseguir pesar uma girafa, medicar um cavalo ou medir um lagarto, por exemplo, podem ser tarefas desafiantes às vezes.

Qual o perfil do profissional?

Primeiro, é importante gostar da área da saúde e de estudar matérias relacionadas às ciências biológicas e ao funcionamento do organismo. Equilíbrio emocional também é fundamental. Mesmo que você não se especialize em cirurgias, será preciso tomar muitas decisões baseadas no lado racional. Gatos com patas quebradas e cachorros bastante doentes não raros de surgir.

Gostar de ler também é recomendado, pois essa é uma área que está sempre em atualização, devido à descoberta de novas formas de tratamento e tecnologias a serem implementadas. 

Como escolher a faculdade ideal em Campo Grande?

Antes de qualquer coisa, verifique se a instituição é credenciada ao MEC, pois só assim seu diploma terá valor. Além disso, opte por uma faculdade que ofereça um bom hospital veterinário, de modo que você possa fazer uma residência ou um estágio de qualidade.

Lembre-se de que a parte prática é imprescindível não só para a formação, mas também para você adquirir experiência. A Uniderp conta com um hospital veterinário de ponta, que é referência na região, capaz de atender as demandas da comunidade local e de possibilitar ao formando um vasto know-how.

Enfim, cursar Medicina Veterinária em Campo Grande (MS) é uma ótima escolha para quem tem afinidade com a área. Como a região é promissora para essa atividade e conta com uma faculdade renomada, o estudante sai da graduação muito bem preparado ao mercado de trabalho.

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Quem sabe eles também não se interessam pelo curso! Se quiser saber mais do curso, valores e horários disponíveis para ingresso em 2020, confira em nosso site!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

cursos uniderp

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.