Conheça as 6 vantagens de morar no Mato Grosso do Sul

conheça as vantagens de morar no ms

Você já pensou em morar no Mato Grosso do Sul (MS)? O jovem estado, com pouco mais de 40 anos de idade, surgiu após ser desmembrado do atual “vizinho de cima”, Mato Grosso (MT), e se encontra entre os melhores estados brasileiros para se viver. Com uma área territorial de 357.125 km², pertence à região Centro-Oeste e faz fronteira, além do Mato Grosso, com os estados de Goiás, Minas Gerais e São Paulo — internacionalmente, tem como vizinhos Bolívia e Paraguai.

Sua localização estratégica tem sido um incentivo para multinacionais e grandes empresas se instalarem na região. De acordo com as estatísticas do IBGE, estima-se que a população sul-mato-grossense seja de 2.778.986 habitantes, com densidade demográfica de 6,86 hab/km².

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que compara, entre outros fatores, o nível de educação, riqueza, expectativa de vida e natalidade, é considerado alto de 0,729 ― o décimo do país, o que aponta que é um estado com ampla qualidade de vida.

De fato, trata-se de um estado em pleno desenvolvimento e cheio de oportunidades em diversas áreas. Isso tem feito muita gente se mudar para MS, apostando em uma vida melhor, mais tranquila e estável. Se você está pensando em dar uma guinada em sua carreira, buscando novos ares, confira este post até o final, pois elencamos 6 vantagens de morar no Mato Grosso do Sul!

1. Qualidade gestão pública

O primeiro ponto de destaque que revela todo o potencial do Mato Grosso do Sul está na gestão pública. Especialmente graças a medidas tomadas para enfrentar a mais recente crise econômica, o Governo conseguiu “levantar o estado” e oferecer qualidade aos seus serviços públicos.

De acordo com o Índice dos Desafios da Gestão Estadual (IDGE Geral), que avalia 32 indicadores distribuídos em dez áreas de atuação ― capital humano, condições de vida, desenvolvimento econômico e social, educação, infraestrutura, institucional, juventude, saúde e segurança ― Mato Grosso do Sul ficou na 9ª posição entre os estados com maior desempenho.

Além de ter ficado no top 10 em vários indicadores, o estado registrou o maior crescimento, na última década, quando o assunto é desenvolvimento econômico e social, bem como subiu de dez a 15 posições com relação à segurança pública. Já no quesito transparência, obteve a nota máxima.

2. Infraestrutura

A excelente infraestrutura não se resume apenas à capital Campo Grande, que fica no coração do Mato Grosso do Sul. De acordo com Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal, que avalia as cidades mais desenvolvidas do país, sete municípios sul-mato-grossenses estão no top 500, com pontuação elevada. São eles (em ordem):

  1. São Gabriel do Oeste;
  2. Três Lagoas;
  3. Rio Brilhante;
  4. Campo Grande;
  5. Dourados;
  6. Naviraí;
  7. Chapadão do Sul.

O estudo se baseia em informações oficiais sobre emprego, renda, educação e saúde. Graças aos investimentos em mobilidade (estradas, aeroportos, portos e ferrovias), assistência médica (hospitais, unidades de atenção básica, programas especiais), segurança, ensino, investimentos em pesquisa e tecnologia, Mato Grosso do Sul confirma status de excelência.

3. Segurança

A segurança é um fator positivo para quem tem interesse em morar no Mato Grosso do Sul. De acordo com o Monitor da Violência, um estudo feito pelo Portal G1, o índice de mortes violentas é de 24,7/100 mil habitantes ― índice bem abaixo da média nacional (34,7%), colocando-o como o 7º estado mais seguro do país.

Além disso, o enfrentamento ao narcotráfico também tem inibido a entradas de drogas pelas fronteiras internacionais. O poder público tem investido em políticas de segurança pública severas para a questão, como o programa MS Mais Seguro, lançado em 2016.

4. Boas oportunidades de emprego

Uma recente reportagem do Correio do Estado revelou que em 2019 a oferta de empregos mais que dobrou, em relação ao mesmo período do ano anterior — um dado promissor para a economia no Mato Grosso do Sul. Entre janeiro e outubro do ano passado, foram criadas 19.759 vagas, o que corresponde a um aumento de 143,93%.

Os setores que tiveram maior destaque foram (em ordem):

  1. Agropecuária;
  2. Comércio;
  3. Indústria de Transformação;
  4. Construção Civil;
  5. Extrativa Mineral;
  6. Serviços Industriais;
  7. Utilidade Pública.

A cidade de Dourados liderou o ranking com 6.577 empregos formais, seguida de Campo Grande, com 3.650 contratações. Ainda na cidade de Dourados, a inauguração de indústrias de processamento e refino de soja geraram expectativas de mais algumas centenas de empregos.

5. Diversas atrações naturais para conhecer

Mudar para MS também significa ter contato com uma natureza deslumbrante. E a atração mais famosa é nada menos que o Pantanal, uma das maiores extensões úmidas do planeta, cortado por inúmeros rios pertencentes à bacia do Paraguai ― e berço de uma incrível biodiversidade.

Mas não para por aí, quem vai morar no Mato Grosso do Sul também vê por perto cidades como Bonito, com seus lagos azuis e belíssimas grutas, ou a Serra da Bodoquena, com suas suas inúmeras quedas d’água, penhascos e um deslumbrante tapete verde.

6. Qualidade no ensino superior privado

Um estado em pleno desenvolvimento somente poderia ter um ensino superior forte. As faculdades do estado recebem bastante destaque, e sua oferta de cursos com bons conceitos na avaliação do Ministério da Educação (MEC) tem chamado atenção.

Um exemplo dessas instituições é a própria Uniderp, que tem sido responsável, nos últimos anos, por formar muitos estudantes para atuarem profissionalmente em áreas distintas, como: Agronomia, Ciência da Computação, Pedagogia, Engenharias, Biomedicina, Odontologia, Medicina Veterinária e Marketing Digital etc. — só para citar algumas.

Os cursos estão bem posicionados na avaliação do MEC, o que confere alta qualidade ao ensino. Além disso, muitos desses alunos integram programas de concessão de bolsas de estudos, como o Programa Universidade para Todos (Prouni), do Governo Federal ― o que é um excelente facilitador para a conquista do diploma universitário.

Como as oportunidades de emprego estão aumentando, é necessário que as faculdades ofertem cursos condizentes com a demanda profissional. Nesse sentido, Mato Grosso do Sul possui instituições de ensino superior que se empenham em oferecer um ensino moderno e acompanhe as tendências de mercado de trabalho.

Como você pôde perceber as vantagens de morar no Mato Grosso do Sul são muitas, e cada vez mais pessoas estão abraçando como seus lares essa região deslumbrante. Mas, se você deseja dar uma guinada na sua vida, o primeiro passo é escolher uma graduação.

Então, fique conosco mais um pouco e veja como conquistar o primeiro lugar no vestibular com 9 passos!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 11

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

cursos uniderp

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.