Medicina Esportiva: o que é e como atuar na área?

pessoa fazendo massagem representando medicina esportiva

Você sonha em se tornar um médico? Então, deve saber que, na Medicina, há diversas especialidades que conduzem o profissional ao estudo de um determinado órgão ou sistema do corpo humano. No entanto, isso não é tudo. Há especializações que também lidam com tipos de pessoas diferentes.

Esse é o caso, por exemplo, da Medicina do Trabalho e da Medicina Esportiva, tema de nossa conversa. Essa é uma especialidade em alta e que tem despontado como uma das profissões mais bem-pagas do mercado atualmente.

Hoje, portanto, conversaremos sobre essa área. Vamos tirar suas principais dúvidas sobre o assunto e mostrar os motivos pelos quais ela é uma boa alternativa de carreira para depois da sua tão sonhada graduação no curso de Medicina. Boa leitura!

O que é a Medicina Esportiva?

Essa é a área da Medicina que lida com as questões relacionadas, como o nome já nos indica, aos esportes. Esses profissionais são encarregados de trabalhar com o diagnóstico, o tratamento e a prevenção de lesões e de problemas de saúde que podem surgir a partir da prática esportiva.

Em um país como o Brasil, que tem uma relação tão forte com o esporte, essa é uma especialidade extremamente valorizada.

Esse profissional, no entanto, utilizará o conhecimento adquirido com as matérias de Medicina não apenas para cuidar da saúde de atletas profissionais, mas também dos amadores e de indivíduos que praticam esportes em seus momentos de lazer.

O que faz um médico do esporte?

O médico do esporte é, como mencionado, o profissional que lida com as questões que relacionam esporte e saúde. Ele pode tanto ajudar atletas na prevenção de lesões quanto auxiliar o paciente a utilizar as atividades físicas para tratamento de problemas em seu organismo.

Uma das características da Medicina Esportiva é que esse médico precisa ter um amplo conhecimento de:

  • cardiologia;
  • ortopedia;
  • endocrinologia;
  • imunologia;
  • psicologia.

E muito mais!

Os salários para esse profissional variam. Um recém-formado pode ganhar cerca de R$ 6.000*. Já a remuneração de um médico experiente pode chegar a até R$ 17.000*, de acordo com dados levantados pelo portal Trabalha Brasil.

Como seguir carreira nessa área?

O primeiro passo para seguir na área é fazer uma boa faculdade de Medicina. Um curso de excelência fará toda a diferença na preparação desse profissional para a próxima etapa: a residência.

O processo de residência em Medicina Esportiva leva, ao todo, três anos para ser completo. E, a fim de preparar para esse momento, nada melhor do que cursar Medicina aqui na Uniderp!

Além de toda a infraestrutura necessária, como nosso Centro de Especialidades Médicas (CEMED) e laboratórios de ponta para aulas práticas, como Morfofuncional, Multidisciplinar, Habilidades Médicas e Microscopia, também ajudaremos a conquistar as melhores vagas de Medicina Esportiva no mercado por meio do Canal Conecta.

Agora que você já sabe o que é a Medicina Esportiva e ficou por dentro de mais uma grande área dessa profissão, não perca tempo: busque uma faculdade renomada para dar início aos seus estudos. Venha para a Uniderp!

Para dar o primeiro passo e fazer parte dessa grande instituição, inscreva-se em nosso vestibular de Medicina!

*Sujeito a alteração

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

cursos uniderp

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content