Conheça as 7 principais matérias do curso de Medicina

estudantes de medicina

A escolha de um curso superior não é uma tarefa fácil. Afinal, existem inúmeras áreas e profissões que uma pessoa pode seguir. Os estudantes que se identificam com a área de Saúde, por exemplo, têm cerca de 40 opções de graduações. No entanto, a Medicina continua sendo um dos cursos mais desejados pelos alunos no Brasil.

Para se tornar médico, é preciso finalizar o curso superior em Medicina, que tem duração de 6 anos. Após, é bastante comum que o profissional se especialize em uma área de atuação, ao cursar residência ou pós-graduação, que tem duração média de 4 anos. Apesar do longo tempo de dedicação, a Medicina sem dúvidas é uma ótima escolha.

Você está interessado nessa graduação? Se sim, preparamos aqui no blog da Uniderp este artigo com as principais matérias de Medicina, que incluem:

  • Anatomia;
  • Histologia;
  • Fisiologia;
  • Ginecologia e Obstetrícia;
  • Pediatria;
  • Clínica Médica;
  • Cirurgia.

Continue a leitura e saiba mais detalhes.

Como se divide o curso de Medicina?

O funcionamento do curso de Medicina da Uniderp, aqui em Campo Grande, é um pouco diferente dos demais cursos de graduação na área de Saúde, visto que pode ser dividido em 3 etapas, sendo cada uma de 2 anos.

A primeira é chamada de ciclo básico e compreende as matérias de base para o aluno. Nesse caso, são vistas disciplinas como Histologia (estudo dos tecidos), Citologia (estudo das células), Anatomia (estudo das grandes estruturas do corpo humano), Microbiologia (estudo de micro-organismos patogênicos), entre outros.

Após esse período, inicia-se o ciclo clínico. Nestes 2 anos, o aluno terá matérias voltadas para a Medicina Clínica, com aulas práticas envolvendo atendimento a pacientes. Inicia-se o estudo da propedêutica (exames para diagnóstico) e semiologia (como se examinar um doente), por exemplo, aprende-se a realizar a anamnese (colher a história clínica) e frequentam-se aulas e estágios das diversas áreas médicas.

Por fim, há o internato, que aborda os 2 últimos anos. Cada faculdade tem uma divisão de tempo em relação às especialidades. Pode-se cursar um período de urgências e emergências, outro no internato rural (acompanhando o médico do posto de saúde) e os dois últimos períodos dentro de um hospital, conhecendo mais de perto todas as especialidades médicas.

Geralmente, nesse último ano, o aluno passa pela pediatria, clínica médica, ginecologia e obstetrícia e cirurgia, pelo menos.

Quais são as principais matérias do curso de Medicina?

Além de ter alta empregabilidade e bons salários, essa graduação tem alguns diferenciais interessantes aos estudantes. Compreender o funcionamento do corpo humano e das atividades a nível celular é bastante instigante, assim como a possibilidade de identificar doenças e salvar vidas.

Além disso, esse é um curso muito dinâmico, visto que o aluno tem matérias de diversas áreas da Medicina e, como vamos ver, muitas aulas práticas em laboratórios. Veja mais detalhes das disciplinas a seguir!

1. Anatomia

A Anatomia Humana estuda as estruturas e os sistemas do organismo humano, assim como os seus órgãos. Para tanto, é preciso que a faculdade conte com modernos laboratórios, a fim de abrigar as peças estudadas. Nesse caso, existem peças de corpo inteiro, em que o aluno pode observar e estudar o sistema vascular e muscular, as camadas de tecido e a localização dos órgãos e estruturas, dentre outras.

Também existem peças separadas, para que o aluno veja determinada característica do órgão com mais detalhes; há peças de todos os segmentos do corpo, como as mãos, a face e o cérebro. Além das aulas práticas no laboratório de anatomia, há também aulas teóricas.

2. Histologia

Histologia é a disciplina que estuda os tecidos corporais e suas funções. Nas aulas teóricas, o aluno aprende com detalhes as características e as funções de cada tecido e de suas células, assim como em que locais do corpo humano eles se encontram.

Nas aulas práticas, o estudante observará os cortes de tecido pelo microscópio óptico, que amplia as células milhões de vezes, permitindo a captação de minuciosos detalhes. É comum que as provas também tenham partes teóricas e práticas. Assim, o aluno deve saber apontar qual é a estrutura vista no microscópio.

3. Fisiologia

A Fisiologia é a matéria em que o aluno aprenderá como ocorre o funcionamento do corpo humano. Ou seja, quais são as reações e os estímulos para que determinadas ações e atividades aconteçam. Em cada sistema há funções particulares para garantir o bom funcionamento do organismo como um todo.

O sistema digestório, por exemplo, fornece energia e outros substratos importantes por meio da ação de várias enzimas e hormônios. Já o sistema muscular realiza suas funções por meio de uma cascata de transmissores que vão até o cérebro e retornam.

4. Ginecologia e Obstetrícia

A Ginecologia estuda a saúde da mulher. Ela é voltada para o aparelho reprodutor feminino e para a saúde das mamas. Dessa forma, nessa disciplina, o aluno estudará o funcionamento dos órgãos femininos, suas funções específicas e as principais doenças prevalentes.

Já a Obstetrícia é o ramo da Medicina que acompanha as mulheres durante a gestação, no parto e no pós-parto. O estudante aprenderá como é uma gestação normal, ou seja, sem intercorrências, quais são as principais modificações no corpo da mulher e quais são as doenças e problemas relacionados a esse período.

5. Pediatria

A Pediatria é a área da Medicina voltada para as crianças. O aluno aprenderá diversos aspectos do crescimento e desenvolvimento dos pequenos, as doenças mais prevalentes em cada idade, quais são as principais orientações para os pais em cada faixa etária e muitos outros aspectos relevantes no cuidado de crianças.

6. Clínica Médica

Na Clínica Médica, o aluno estudará o funcionamento do corpo humano e as principais doenças que acometem os adultos, excluindo-se as doenças ginecológicas, obstétricas e cirúrgicas.

Dentro dessa disciplina, que é bastante ampla, estão inseridas outras áreas da clínica, como a cardiologia (estudo do coração), pneumologia (estudo do aparelho respiratório), reumatologia (estudo das doenças reumatológicas), hematologia (estudo do sangue) e infectologia (estudo das doenças infectocontagiosas), dentre várias outras.

7. Cirurgia

A Cirurgia é distribuída em vários momentos da grade curricular. Existem as partes teóricas, voltadas para a cirurgia geral, e áreas cirúrgicas, como a urologia (estudo do aparelho excretor e reprodutor masculino), a cirurgia vascular e outras. Além disso, o aluno aprende as técnicas cirúrgicas básicas, como a sutura e os cuidados de paramentação, em um laboratório específico.

Após essa prática, as faculdades oferecem aulas práticas em ambulatórios e policlínicas, em que o estudante realiza pequenas cirurgias, como retirada de pintas e cistos. No internato hospitalar, é comum acompanhar as grandes cirurgias com os especialistas de cada área. Assim, o aluno verá operações da ortopedia, cirurgia cardíaca, do aparelho gastrointestinal, plásticas e outras.

E então, com este artigo foi possível ter uma ideia de como é a grade curricular da graduação? É importante ter em mente que as matérias de Medicina abordam o funcionamento e as doenças de todo o corpo humano e de cada faixa etária. Assim, existem inúmeras que não foram citadas, mas que farão parte do dia a dia do aluno, propiciando uma formação completa.

Quais são os próximos passos após a graduação em Medicina?

Ao final, o médico torna-se generalista. Ele está apto a atender qualquer tipo de paciente e, se necessário, deve encaminhá-lo para os especialistas. Para se tornar um, como comentamos, o médico deverá cursar uma residência, especialização ou pós-graduação. O caminho é longo, mas será muito satisfatório e proveitoso para aqueles que se identificam e gostam de cuidar do próximo.

Lembre-se de que, para concluir uma boa formação, é fundamental que a faculdade ofereça aulas com bons professores e laboratórios bem equipados, com as últimas tecnologias.

Afinal, o curso de Medicina tem muitas aulas e disciplinas práticas, nas mais diversas especialidades. Justamente por isso, as mensalidades do curso são bem elevadas. Se você tem o sonho de seguir carreira médica, há alternativas para pagar menos. Uma delas é o FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) para Medicina.

A Uniderp oferece o curso de Medicina em Campo Grande, com uma excelente infraestrutura, modernos laboratórios e diversos convênios com instituições e hospitais da região, para que o aluno tenha máximo aproveitamento prático. Entre em contato conosco e conheça mais sobre essa opção de graduação em Medicina!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

cursos uniderp

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.