Como se tornar um ginecologista obstetra? Descubra como chegar lá!

Inscrições para o vestibular do curso de Medicina 2024.2

Fazer medicina pode ser a realização do sonho de muitos estudantes. E a especialização da Ginecologia e Obstetrícia é uma das mais procuradas pelos alunos de Medicina. Por isso, vamos ver aqui tudo o que precisa saber para se tornar um ginecologista obstetra.

Como é o curso de Medicina?

A graduação em Medicina é um curso amplo e que possui diversas matérias ao longo da formação. Dessa maneira, o aluno entrará em uma verdadeira imersão no universo das ciências biológicas para poder se tornar um médico.

A duração do curso pode variar conforme o percurso do estudante, já que DPs ou créditos utilizados de outros cursos já realizados podem aumentar ou diminuir o tempo de formação. De todo modo, o curso possui ao todo 12 semestres de duração.

É importante notar que ao final do curso existe uma carga horária importante para os estágios supervisionados, que vão alavancar a experiência profissional dos futuros médicos.

O curso de Medicina tem estágio?

Sim! O estágio no curso de Medicina é obrigatório, e como já pontuamos aqui ele possui uma carga horária grande dentro da matriz curricular do curso de medicina. É por meio do estágio supervisionado que o estudante irá adquirir mais conhecimentos e experiência profissional para atuar como um médico, portanto ele é extremamente importante para a formação em medicina.

O estágio ocupa os últimos 4 semestres do curso de Medicina, totalizando 2.880 horas de estágio obrigatório e supervisionado. Dessa maneira, o estudante de medicina consegue avaliar melhor as áreas de atuação e escolher para qual campo seguir, em pós-graduações ou residências. Sendo que a Ginecologia e Obstetrícia é uma dessas áreas.

Conteúdos estudados na Faculdade de Medicina

A Faculdade de Medicina apresenta uma ampla quantidade de matérias. Por isso, o estudante irá se deparar com inúmeras matérias que compõem o conteúdo para estudar. É preciso que o futuro médico entenda todas as situações fisiológicas do corpo humano, devendo estar apto a atuar com atendimento clínico e ou cirúrgico, em clínica ou hospital.

Dessa forma, podemos encontrar matérias, como:

  • Funções biológicas;
  • Metabolismo;
  • Introdução ao estudo da medicina;
  • Habilidades médicas;
  • Dor;
  • Febre, inflamação e infecção;
  • Problemas mentais e do comportamento;
  • Distúrbios sensoriais, motores e da consciência;
  • Emergência;
  • Saúde da mulher, sexualidade humana e planejamento familiar;
  • Desordens nutricionais e metabólicas, entre outros.

Como se vê, o aluno terá contato com várias matérias e assim poderá entender melhor como atuar em várias áreas da medicina ao longo do curso. Por isso, o estudante também terá contato com disciplinas que estão ligadas ao campo da Ginecologia e Obstetrícia.

Modalidade da Faculdade de Medicina na Uniderp

A Faculdade de Medicina na Uniderp é um curso pensado para realizar uma formação de qualidade. Dessa forma, os alunos poderão aproveitar uma infraestrutura adequada e de última geração para passar por uma formação de excelência.

Presencial

O curso superior de Medicina na Uniderp é oferecido na modalidade presencial. Já que os alunos devem ter contato diário com os professores e tutores, colegas de sala e utilizar os espaços dedicados a estudos especiais, como laboratórios e salas de anatomia. 

Na modalidade presencial, como já explicamos aqui, o aluno entra em uma verdadeira imersão dentro do universo da medicina. O que é fundamental para que seja realizada uma formação de qualidade.

Perfil de quem faz Faculdade de Medicina

Para ser um aluno de Medicina não basta conseguir entrar para a faculdade, é preciso ter comprometimento com os estudos e ter aptidões que são necessárias para quem pretende trabalhar como médico, em especial como ginecologista obstetra.

Tour virtual medicina banner

Vamos verificar aqui esses itens que compõem o perfil necessário de um aluno que faz a Faculdade de Medicina.

Não ter receio de intervir no corpo humano

As aulas de anatomia são grandes exemplos de como um médico deverá intervir no corpo humano se for chamado a atuar em emergências na área da saúde. Por isso, o futuro médico não pode ter receio de realizar essas intervenções. 

Ou seja, muitas pessoas têm medo de sangue, ou de realizar pontos na pele, de agulhas, entre outros. Dessa forma, o médico é quem realiza essas ações e não pode ter medo ou receio delas.

Comprometimento com os estudos

Já sabemos que o curso de Medicina é uma graduação ampla e que, por isso, requer bastante comprometimento com os estudos. Dessa maneira, é realmente preciso estar focado nas matérias do curso e sempre procurar se superar nos estudos que são realizados.

Uma dica importante é que é possível criar grupos de estudo, aproveitando o contato com os colegas de sala para alavancar os estudos por meio desses encontros. Principalmente se existe o mesmo desejo de realizar certa especialização, como é o caso da Ginecologia e Obstetrícia. Assim, é possível focar nessa área de atuação estudando com os colegas e aumentando os seus conhecimentos.

Gostar de ter contato com as pessoas

Um médico sempre terá contato direto com os seus pacientes, por isso é preciso gostar de atuar no atendimento com as pessoas. É preciso ter bastante jogo de cintura para praticar um atendimento humanizado, o que é essencial para que o exercício da profissão de médico seja realizado da melhor forma possível.

Por fim, podemos dizer que o contato direto com o paciente é que vai nortear todo o atendimento médico. Então, é preciso estar atento para realizar a anamnese de forma correta e intervir de forma a melhorar o quadro do paciente.

Solidariedade e ética

Na formação, o médico é chamado a realizar um juramento que se constitui na lembrança de que a atuação médica deve ser pautada pela solidariedade e ética. Por isso, é preciso que haja uma boa conduta durante a vida profissional. 

Os médicos são os profissionais procurados quando existe algum distúrbio no corpo humano, por isso é preciso estar sempre atento com as questões éticas e, sempre que possível, realizar atendimentos voluntários, exercendo a solidariedade.

Atividades do ginecologista obstetra

Um médico ginecologista obstetra irá trabalhar atendendo pacientes para prevenção e tratamento de doenças no aparelho reprodutor feminino. Além disso, irá acompanhar a gestação de suas pacientes, desde o pré-natal até o pós-parto. Dessa maneira, é um profissional essencial para as gestantes e que desempenha um papel decisivo no processo da gestação.

Conheça algumas das principais atividades do médico ginecologista obstetra:

  • Acompanhamento da saúde reprodutiva da mulher;
  • Realização e pedido de exames específicos do aparelho reprodutor feminino;
  • Acompanhamento do pré-natal;
  • Realização de exames em gestantes;
  • Acompanhamento do processo hormonal em mulheres gestantes ou não;
  • Acompanhamento de gestações de alto risco, entre outros.

Todas as atividades do médico ginecologista obstetra são extremamente importantes para a saúde da mulher, que é o foco principal dessa atribuição médica. Por isso, é importante notar que este deve ser um profissional bastante focado em seu trabalho para realizar os procedimentos e acompanhamentos da melhor maneira possível.

Faça Faculdade de Medicina na Uniderp!

A Uniderp é um reconhecido e grande centro universitário. Por essa razão, possui uma infraestrutura física e digital de ponta para oferecer o que há de melhor na educação superior para os seus alunos. Na Uniderp, você investe na sua carreira de sucesso desde cedo, pois estará entre os melhores! 

E fazer Medicina na Uniderp é sinônimo de aproveitar um universo de possibilidades, com professores qualificados, mestres e doutores, prontos para passar a transmissão do ensino da melhor forma. Por isso, não perca mais tempo procurando uma faculdade para fazer o curso de medicina. Faça sua inscrição agora mesmo no vestibular da Uniderp.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Artigos relacionados